(Lista) 5 leituras que recomendo

dicas de livros

Da modesta meta literária que estipulei este ano (pouco mais de 30 livros, número que acaba aumentando todo mês), alguns já se destacaram. Como nem todos serão resenhados aqui no blog, elenquei cinco títulos que considero boas leituras e recomendo a todos:

>> Stephen King, Sob a Redoma:

Certamente o melhor do ano, até o momento. O tamanho do livro pode assustar, mas nada que ler pouco mais de uma página não resolva. Fui, mais uma vez, totalmente fisgada pelo mestre do terror. Muito instigantes e bem escritas, as mais de 950 páginas do livro passam num piscar de olhos. Em Sob a Redoma, a pequena cidade de Chester’s Mill, no Maine, interior dos EUA, acorda um dia isolada do mundo por um campo de força invisível. Ninguém consegue transpassá-lo, nem saber como e porque ele existe, muito menos quando e se irá desaparecer.

O resultado da trama é que, do lado de dentro, temos uma experiência social e política angustiante, que põe o caráter de todos a prova. Os atos, consequências e comportamentos dos moradores são apavorantes porque são extremamente críveis.

O suspense do livro me deixou tensa do começo ao fim, e considero um dos melhores do King que li – senão o melhor. Uma prova da genialidade de King, e de como ele é um atento observador da realidade. Os personagens são muito bem construídos.

Não é sem motivos que a obra foi adaptada em série, disponível no Netflix. Leiam, leiam, leiam!

livro sob a redoma stephen king

>> Tolkien, Mestre Gil de Ham

Terminei o livro pensando que ter chegado à idade adulta sem tê-lo lido foi um absurdo. Mais uma vez Tolkien mostra porque é o mais importante autor de literatura fantástica. Este é um livro que se deve dar de presente para qualquer criança que se conheça, é o tipo de obra que transforma a pessoa em leitor pra sempre.

Mágico, prazeroso e divertido. Para os adultos é um presente. A obra tem poucas páginas, texto super leve. Pra ler numa sentada e se apaixonar 😉

livro mestre gil de ham tolkien

>> O Diário da Anne Frank:

Protelei mais de uma década para ler esse livro. Até que a edição incrível da Editora Record caiu em minhas mãos e inevitável aconteceu: me apaixonei perdidamente por Anne Frank. O relato humano e corajoso feito pela jovem Anne dos horrores da Guerra nos enche de revolta e dor.  Surpreende a maturidade e sensibilidade sempre presentes em sua escrita.

Além da capa maravilhosa, esta edição traz imagens das cartas escritas por Anne, e tem uma diagramação incrível. Esses detalhes tornam a experiência de leitura ainda mais tocante.

A única crítica é que já de cara sabemos qual é o fim de Anne, e isso deixa tudo mais triste.

livro diário de anne frank

>> F. Scott Fitzgerald,  O Grande Gatsby

Leitura rápida, divertida e que nos faz entender porque Fitzgerald é um dos grandes nomes da literatura. O livro nos apresenta um “mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente”, nos anos prósperos e loucos que sucederam a Primeira Guerra Mundial. A história também tem um quê de autobiográfica.

o-grande-gatsby-scott-fitzgerald

Esta edição da Geração, é linda. Capa dura, diagramação bonita, e contém algumas fotografias do autor e das adaptações cinematográficas da obra.

livro o grande gatsby scott fitzgerald

>> Milan Kundera, A brincadeira:

Kundera é um de meus autores favoritos, e mais uma vez não decepcionou. Esse é o primeiro romance do autor, lançado em 1967, e, como em outras obras, temos a história e a política como pano de fundo.

Em A Brincadeira, há reflexões amadurecidas sobre a interação humana. São essas relações, o senso de humor, a tensão entre peso e leveza – elementos característicos da escrita do autor, que roubam a cena.

milan kundera a brincadeira

Para mais indicações de leitura e resenhas, clique aqui 😉

dicas-leituras

Pamela Caitano
22 anos. Jornalista e curiosíssima por histórias. Encontrou nas palavras amor, a profissão, e refúgio.

Comments

comments

Você pode gostar de

2 Comentários

  1. Oi Pami!
    Desses aí eu so li O Grande Gatsby e AMO de paixão! Tanto o livro quanto o filme com o DiCaprio <3.
    Mas tenho muita vontade de ler Sob a Redoma e O Diário de Anne Frank, e também já namorei muito Mestre Gil de Ham, adoro a capa e histórias com dragões! Já Milan Kundera nunca li nada dele, mas preciso ler algum dia de tanto que as pessoas falam bem. 🙂
    Linda lista! <3
    Beijos,
    Ju

  2. Oi, Ju!

    Eu ainda não vi o filme, porque queria ler o livro antes, e me apaixonei <3

    O Sob a Redoma é excelente, um daqueles livro que te prendem, te deixam aflita mesmo. O Diário de Anne Frank não sei porque demorei tanto pra ler, mas foi muito legal ter essa experiência agora que consigo compreender melhor.

    Mestre Gil de Ham, é uma fofura, uma delícia de ler, um mimo. Se você quiser relaxar e se encantar, é o livro que recomendo.

    E sobre o Kundera, indico começar por a Insustentável Leveza do Ser ♥

    Beijo, Ju, e obrigada pelo comentário <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *